Doe cabelo, ele cresce!


Capa da fan page de Rapunzel Solidária

Capa da fan page de Rapunzel Solidária

Como estamos no Outubro Rosa, escolhi falar sobre o case de engajamento pelas redes sociais – 100% Orgânico – da Rapunzel Solidária, uma ONG que transforma cabelos doados em perucas para pessoas em tratamento do câncer. As doações de cabelos vêm de todos os lugares do Brasil e do mundo e são transformados, por profissionais parceiros, em perucas que elevam a auto-estima de crianças, jovens e mulheres.

Em março de 2013, Elizabeth Lomaski, fundadora da ONG, passou por um grande susto. Entrou para as estimativas do câncer de mama, mas também para o índice de pessoas curadas. E, para agradecer o presente recebido – sua vida – começou a pedir doações de cabelo pelos seus perfis nas mídias sociais. Sua ideia era de contratar alguém para fazer perucas com esses cabelos e doar para quem precisa. Logo nos primeiros dias recebeu de uma amiga um rabo de cavalo enorme. E assim, nasceu a ideia da Rapunzel Solidária, uma instituição que usaria o poder das mídias sociais para transformar vidas.

Este ano, a Rapunzel Solidária já recebeu mais de 10 mil doações de cabelos. Sua produção de perucas é de 21 unidades por mês. Desde março de 2014 até agosto de 2016, foram doadas pela ONG 637 perucas. Muitas delas retomam sua função social, pois são transmitidas de paciente para paciente. Ou seja, quem é beneficiado acaba virando doador.

O primeiro passo foi criar a fan page em janeiro de 2014. Mesmo com uma capa de chorar, em menos de um mês já eram quase 3 mil seguidores; sem comprar uma mídia se quer, sem impulsionar um post. No mês passado, o número de fãs ultrapassou a marca dos 100k. Atualmente, a Rapunzel Solidária está também no YouTube e no Instagram e estuda entrar no Google+ e no Pinterest.

rapunzel1

 

Qual o segredo?

Elenco aqui os 5 fatores principais que, na minha opinião, fazem da Rapunzel Solidária um excelente exemplo de SMO.

 

1. História autêntica, personagem real

Logo no início, em janeiro de 2014, amigos, familiares e amigos dos amigos se encantaram e se comoveram com a história da Beth e de sua irmã e compartilharam a fan page em suas páginas e perfis. Essa estratégia alcançou de cara 5 mil seguidores.

rapunzel2

 

2. Reconhecimento aos participantes

Desde sua criação, a fan page se preocupa em postar listagem com os nomes das participantes e as fotos das doadoras de cabelos com suas madeixas cortadas. A timeline também é desbloqueada para cada um postar a sua foto. Afinal, todo mundo quer fazer o bem e contar para todo mundo que fez!

rapunzel3

 

3. Facilidade de adesão e participação

A facilidade de participação atrai muita gente e estimula a viralização. Um vai marcando o outro e pronto. Periodicamente, a fan page divulga o passo a passo da doação (como cortar, como armazenar e como enviar) e reforça: cabelo cresce, doe.

rapunzel4

 

4. Resultados e histórias compartilhados

A ONG produz vídeos, colhe depoimentos, fotografa a doação de perucas, mostra os números de participantes e perucas fabricadas e doadas. Além de conferir credibilidade, segue direitinho o conselho de Philip Kotler em seu Marketing 3.0: “sejam uma empresa que as pessoas amem”.

rapunzel5

 

5. Sabem fazer a lição de casa em Marketing e SMO

Com uma equipe 100% composta por voluntários, a Rapunzel Solidária coloca em prática atividades de marketing 360o. Trabalha sua presença digital com consistência e coerência, otimizando ao máximo o poder das próprias mídias. Destaque para o Facebook, com bom uso dos recursos de marcação, álbuns, grupos, eventos, etc. A relevância digital confere à ONG a segunda posição em menção orgânica na busca por “doacao de cabelos”, tanto no Google como no Yahoo.

A ONG promove seus próprios eventos em hotéis, empresas e hospitais, e participa de seminários e eventos sobre o câncer, a saúde, as mulheres e até de mídias sociais – conheci a Beth no Social Media Week SP –, disseminando assim a sua causa.

Tem presença espontânea em mídia e sabe bem explorar isso a seu favor. Ah, sem falar que envolve em suas estratégias todos os ciclos de vida do cabelo – quem doa (eu, você e qualquer pessoa), quem trata (salões de beleza), quem vende produtos capilares (marcas cosméticas) e quem usa (pacientes que recebem as perucas). Vale a pena observar e aprender!

rapunzel6

 

É isso aí gente! Compartilhem o case e aproveitem para participar. Até a próxima!

 

Links úteis

Fan Page Rapunzel Solidária

https://www.facebook.com/rapunzelsolidaria/?fref=ts

Busca Rapunzel Solidária no Facebook

https://www.facebook.com/search/top/?q=Rapunzel%20Solid%C3%A1ria

Busca “doacao de cabelos” – Google e Yahoo

https://www.google.com.br/webhp?sourceid=chrome-instant&ion=1&espv=2&ie=UTF-8#q=doacao+de+cabelo

https://br.search.yahoo.com/search?p=doacao+de+cabelo&fr=yfp-t-707

Estatísticas atuais sobre o câncer no Brasil – INCA

http://www.inca.gov.br/bvscontrolecancer/publicacoes/edicao/Estimativa_2016.pdf

 

 

 

 

Como engajar a audiência com vídeos?


download

Você já deve ter percebido que, depois das selfies, a publicação de vídeos é a febre do momento na internet. Tem de tudo, de gracinhas de bichos de estimação e bebês a pessoas que ensinam algo ou fazem denúncias.

De acordo com um levantamento feito pelo Facebook, em 2014 os usuários publicaram diretamente na plataforma 75% mais vídeos do que no ano anterior. A incrível expansão de 360% é a prova de que essa forma de comunicação caiu no gosto popular.

E as marcas, já bastante atentas a essa tendência, utilizam o recurso em peças publicitárias online como solução mais interativa e atrativa. Segundo dados coletados pela ferramenta Video Metrix, da ComScore, o investimento em vídeos online duplicou nos últimos dois anos e esse número vai continuar a crescer. A pesquisa aponta ainda que 36% dos vídeos vistos em celulares, tablets ou televisões também veiculam anúncios.

Veja a seguir algumas dicas que podem te ajudar a obter um maior engajamento na sua página:

 

Tamanho do vídeo

Vídeos curtos não resultam, necessariamente, em uma performance superior aos longos – isso depende de como a peça é feita, vale lembrar que ela não pode ser cansativa.

 

Interação com o usuário

Quanto mais interativo, melhor! Um exemplo são aqueles vídeos onde o usuário pode “brincar” no banner e passar para algum outro trecho e mudar para outro no mesmo espaço.

 

Auto-play

O auto-play não prejudica o desempenho do vídeo, como muitos podem pensar. São vídeos que passam automaticamente ao abrir a tela e a taxa de rejeição é baixíssima – em média, até 90% dos usuários continuam a assistir ao vídeo depois do início dele.

 

Target da campanha

Acertar o target da campanha é fundamental. Um vídeo bom não é nada se não for exibido para o público correto e, caso seja apresentado fora do target, a taxa de rejeição sobe consideravelmente para 60%.

 

Os primeiros segundos

Os três primeiros segundos de um vídeo são essenciais para a campanha. Nesse período, a peça deve prender o usuário, interagir com ele da forma certa e fazer com que assista até o final da exibição.

 

Vídeos com música

Vídeos que possuem uma música ao fundo têm, em média, uma taxa de aceitação 25% maior. Mas a a música deve ser pensada estrategicamente para que tenha a ver com a campanha e incentive a interação com o público-alvo, por exemplo.

 

Fonte: Proxxima

Tamanho ideal para suas postagens


Info_parte1-720x375

As postagens nas redes sociais vão muito além de descontração e lazer. Hoje em dia, para quem as usa como ferramenta de trabalho, o negócio é engajar e aumentar a visibilidade de uma marca, empresa ou personalidade. Para isso, é bom seguir algumas regras básicas para saber o tamanho ideal de postagens online.

Baseado em pesquisas de empresas que coletam informações constantemente em suas atividades, o portal Marketing de Conteúdo divulgou um infográfico que indica o tamanho ideal para títulos, postagens, chamadas de Facebook, Google+, Twitter e até e-mails (veja abaixo).

Chamadas em redes sociais

O ideal é ter 40 caracteres, o que não é muito, já que neste caso contamos letras, pontuação e espaço. Segundo a pesquisa, este tipo de post ganha taxas 86% maiores em engajamento do que outros. Mas, é difícil conseguir comprimir um bom conteúdo em apenas 40 caracteres. Por isso, é válido olhar para a próxima postagem que tem bom engajamento, 80 ou menos caracteres, com taxas 66% maiores.

Já no Google+ a chamada deve ser de 60 ou menos caracteres. Segundo Demian Farnworth do Copyblogger, que estudou todas as postagens feitas na rede social, as chamadas não deveriam passar disso. Caso necessário, o começo da frase deve ser extremamente convincente ao leitor.

O Twitter, apesar de comportar 140 caracteres, tem como ideal apenas 100. Tweets assim ganham 17% em engajamento.

Textos online

O título deve conter apenas seis palavras. De acordo com o especialista em títulos, Bnonn, tendemos a absorver apenas as três primeiras e as três últimas palavras de um título. Se o título for um link, não iremos clicar se não absorvermos toda a informação.

Para blogs, o indicado é textos com frases curtas, de fácil interpretação. O desafio é facilitar para o leitor e prender sua atenção. Por isso, o ideal é que as linhas tenham de 40 a 55 caracteres e de 8 a 11 palavras.

O texto em geral não tem tamanho definido. A questão é qualidade. Um texto interessante pode tanto ter 500 caracteres quanto 2 mil. Mas o que vale é não encher linguiça e ir direto ao ponto. Use palavras interessantes, que atinja diretamente o público-alvo.

Outros

O assunto de um e-mail, para chamar a atenção e atrair cliques, deve conter entre 28 e 39 caracteres. Pesquisas indicam taxa de abertura 4% maiores nestes casos.

Para apresentações em convenções e reuniões, onde é preciso prender a atenção do ouvinte, o tempo ideal é de 10 a 18 minutos. No TED, uma das maiores convenções de inovações do mundo, seus organizadores limitam o tempo de seus palestrantes em 18 minutos, independente de quem seja.

Para que sua página seja clicada no resultado de busca do Google, o título deve conter no máximo 55 caracteres para que não seja cortado e apareça com reticências. E a descrição logo abaixo está limitada a 160 caracteres.

Domínios de site, para que sejam memorizados facilmente, devem ser curtos, fáceis de soletras, apresentar a marca, não conter hífens ou números. O mais indicado é usar a extensão “.com”. Tamanho ideal é cerca de 8 ou menos caracteres.

O segredo do sucesso


O webinar (neologismo para WEB-based SemINAR, ou seja seminário via internet) “Fully Showing up in your Business or Work – Keys to Optimum Success”, foi ministrado em março por Maureen Simon, fundadora da companhia The Essential Feminine e mentora de centenas de mulheres de negócios há mais de 25 anos.

Nele, a autora explica, de acordo com estudos, que 67% das mulheres não estão satisfeitas no seu trabalho ou com seus negócios. “Elas não estão mostrando realmente o que são capazes de oferecer, estão atuando em áreas que elas verdadeiramente não apreciam e não se encaixam na cultura do ambiente de trabalho”.

As mulheres precisam ser despertadas e usar o talento que naturalmente possuem. Maureen explica que “temos oportunidades de criar uma carreira sólida e de sucesso ao usar os pontos fortes” e afirma que devemos aprender a trazer nossos talentos verdadeiros à tona. “O sucesso vem quando somos apreciadas pelas nossas contribuições e pela maneira como realizamos nosso trabalho e criamos o negócio que desejamos”.

Uma pesquisa realizada por Catalyst e McKinsey & Company demonstra que companhias com um número significante de mulheres em cargos de gerência têm um retorno 36% mais alto em investimentos. Esse sucesso nos negócios, segundo Maureen, se dá pela maneira como as mulheres entendem os diferentes tipos de comunicação. “Elas estão abertas para ouvir o outro”.

A premissa, sobre o que leva a mulher a se destacar no trabalho e nos negócios, é saber o que ama, saber o que faz de melhor e fazer. “Elas se destacam em qualquer área da vida, quando estão engajadas, interessadas e motivadas. Afinal, esta é a base do comportamento humano”, explica.

O importante é identificar e aumentar 0s talentos. Maureen dá algumas dicas: tenha uma noção clara de suas habilidades e talentos para fazer uma mudança. Observe seus pontos principais, ou seja, o que você faz bem e gosta de fazer. Use seus dois dons, a criatividade e a imaginação. Aprenda atributos específicos: como mulher, você é predisposta a muitos. Não tenha medo de se destacar. Use seu poder de colaboração para trazer pessoas ao seu redor para coisas que são realmente importantes. E por último, mas não menos importante, perceba que você possui uma maneira única de trabalhar. Você tem grande poder de habilidade para criar relacionamentos e sua capacidade de comunicar cooperativamente lhe dá uma enorme vantagem.

Portanto, eis as chaves para aperfeiçoar o sucesso:

1 – Identifique o ideal, ou seja, o melhor que pode criar hoje para seu trabalho ou negócios e mantenha essa visão em mente.

2 – Conheça-te a ti mesmo. Torna-se mais fácil medir cada dia o seu sucesso, se você entender o profundo significado da vida.

3 – Você precisa se destacar a curto prazo, mas mantenha sua visão de longo prazo bem viva, a cada passo do caminho.

4 – Seja intencional e pró-ativa. Não deixe a vida passar por você. Comece a usar seus talentos e dons para o mundo e dê pequenos passos se precisar.

5 – Identifique e traga suas maiores habilidades e talentos em sua vida, agora! As mulheres têm recursos poderosos para isso, alguns dos quais ainda não está ciente. Leva tempo para aprender sobre esses atributos femininos.

Webinar explicou como aperfeiçoar seu talento e garantir o sucesso na carreira que escolher