Cadaris no CIOSP


IMG_0654

Em janeiro, foi realizada a 34ª edição do maior evento de odontologia da América Latina, o Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo (Ciosp), e novamente atuamos com a Colgate em sua participação no evento. Já são 8 anos de parceria!

O evento reúne expositores das mais diversas áreas do setor odontológico. Pensando nisso, desde o início a equipe da Cadaris empenhou-se para que o resultado atendesse às expectativas do cliente. Dentre os materiais produzidos estão painéis, apresentações, vídeos e folders de divulgação de produtos e promoções para os visitantes.

Um dos destaques desse ano foi a ação Circuito Colgate, com um módulo direcionado aos profissionais dentistas e outro aos acadêmicos. Nestes circuitos foram exibidos materiais específicos para cada público, ambos produzidos pela Cadaris, para ilustrar as aulas e palestras direcionadas a eles.

Um job dessa importância precisa ser visto de perto. E por isso fomos lá conferir. Veja algumas fotos:

 

 

IMG_0688

 

IMG_8452

IMG_0668

IMG_0678

 

 

Blocos de rua: a nova moda dos foliões paulistas


BLOCO CASA COMIGO

A data mais festiva e animada do ano chegou. Já é carnaval! Foi-se o tempo em que o carnaval Paulistano limitava-se somente às atrações do Sambódromo do Anhembi. Cada vez mais, os blocos de carnaval invadem as ruas de SP e tornam-se opção de muitos foliões. Selecionamos alguns blocos que irão acontecer nas próximas semanas, em diversos pontos da cidade. Confira:

Ma-Que-Bloco: No dia 12/02 (sexta-feira), o bloco universitário ficará concentrado na Rua Maria Borba, na região da Consolação, a partir das 16h. A página oficial do evento promete um desfile e muita animação.

Bloco me Abraça: Organizado pelo coletivo cultural Paulista com Farofa, a concentração do bloco ocorrerá na Alameda Rio Claro, a partir das 15h, no dia 13/02 (sábado). Pelo terceiro ano consecutivo, o bloco vai às ruas com tradicionais marchinhas e com expectativa para 1.500 foliões.

Bloco do Síndico: Trazendo músicas de Tim Maia, o bloco vai invadir as ruas da Vila Olímpia. A concentração será na Praça Edgard Hermelindo Leite, às 15h, no dia 14/02 (domingo).

Além dos blocos selecionados, a cidade contará com diversos outros no decorrer de toda a semana. Programe-se e caia na curtição!

Texto: Natália Koyama

 

Bastidores de um job: fomos conferir a exposição É o Bicho!


POST 02-12

Não resistimos à curiosidade e fomos conferir de pertinho a exposição É o Bicho!. Instalada na entrada lateral do Conjunto Nacional, que dá acesso à Rua Augusta, sentido bairro, a mostra exibe até 15 de dezembro obras de 22 artistas, entre pinturas, desenhos e fotografias (saiba mais aqui).

Assim que o visitante chega à exposição, se depara com um Display Totem triangular. Cada lado explica em detalhes as obras que a pessoa vai encontrar ao longo dos demais painéis que formam, paralelamente, um corredor. Para Renata e Guilherme, respectivamente de Planejamento e Criação da Cadaris, a experiência de ver finalizado um job, do qual participaram desde a concepção, foi muito enriquecedor. “A sensação de ver tudo prontinho foi muito boa, especialmente porque este job tem recebido muitos elogios, inclusive dos artistas que estão expondo as obras”, diz Renata.

Para Guilherme, a sensação é bem parecida. Ele acha que desenvolver uma identidade visual para uma exposição cultural o aproximou mais da função social do designer nos dias de hoje: ter o papel de deixar um evento cultural mais atrativo e chamativo para o público. “E é claro, quanto mais ‘buzz’ o trabalho fizer, mais agradável é a sensação”, comenta, acrescentando que a criação das peças É o Bicho! foi uma das primeiras que conseguiu visualizar fora da tela do computador.

Onde tudo começou

Renata conta que acompanhou o projeto desde o início: “Fui com o cliente visitar o local da exposição e conversei com o pessoal da Galeria Central, parceira da Hill’s nesta empreitada, para decidirmos a planta da exposição, bem como onde iriam entrar as artes feitas pela Cadaris”. Além de ajudar nas decisões, ela explica que também participou, com ideias, da elaboração do briefing que seria enviado para a Criação da agência.

DSC04080

A criação das peças

De acordo com Guilherme, a criação de cada peça começou pelo que deveria guiar todo o resto: o logo.  “Fui o responsável por fazer a criação inicial do logo, mas contei com o apoio da equipe de Criação, especialmente do Maurício”, diz. O respaldo de todos, explica ele, foi fundamental para que o desenvolvimento criativo se alinhasse mais com as expectativas do cliente. Com o logotipo aprovado em mãos, a área passou a trabalhar nas peças de divulgação. “Talvez o folder tenha sido o mais desafiador por conter uma quantidade relativamente grande de texto, mas a identidade elaborada permitiu que o texto se encaixasse bem no espaço necessário, sem que o conceito visual se perdesse”.

Equipe:

Conceito: Guilherme Cohen

Planejamento: Renata Stocco

Diretor de Criação: Fred Pimenta

Diretor de Arte: Mauricio Stoppa

Arte e Diagramação: Maurício Stoppa e Guilherme Cohen

Edição e revisão: Balbina Arantes

Confira a seguir as fotos de algumas das obras da exposição:

DSC04066

DSC04070

DSC04071

DSC04072

DSC04077

Exposição É o Bicho! chega ao Conjunto Nacional


POST 19-11

De 23 de novembro a 15 de dezembro, o Conjunto Nacional, em SP, vai receber a exposição É o Bicho!. Com obras de 22 artistas, como pinturas, desenhos, fotografias e muito mais, a mostra funcionará diariamente de segunda à sábado, das 9h às 21h, e aos domingos, e das 11h às 20h, com entrada gratuita.

Além da exposição, o evento contará com rodas de conversa, com veterinários da Hill’s, sobre como deve ser a alimentação correta dos pets e também com oficinas de customização (com graffiti) de comedouros. Serão 20 vagas por edição, com senhas distribuídas no local da exposição por ordem de chegada e com uma hora de antecedência.

O patrocinador da exposição é a Hill’s Pet Nutrition e toda a comunicação visual do evento foi feita pela Agência Cadaris. Segundo Renata Stocco, responsável pelo atendimento da conta, a Cadaris acompanhou o projeto desde a concepção da ideia, ao lado da Hill’s e da Galeria Central, organizadora da exposição. Para o logo do evento, a ideia era transmitir a variedade de expressões artísticas da exposição, que conta com pinturas, desenhos, fotografias e até graffiti. “O resultado final foi muito satisfatório, pois atendemos com sucesso às expectativas do cliente e pudemos usar nossa criatividade para expressar o fator multicultural da exposição”, conclui Renata.

Veja a programação completa aqui embaixo:

Rodas de conversas com veterinários - dias 26/11, 05/12, 10/12 e 12/12, das 12h às 16h;

Oficinas de graffiti – dias 28/11, 29/11 e 05/12, das 15h às 17h

Salão Duas Rodas 2015 e o poder da pesquisa de campo


02_E-marketing

Uma das partes fundamentais para o desenvolvimento de um novo projeto é a pesquisa. Este será o primeiro passo para chegar aonde todos querem: cliente satisfeito com seus objetivos alcançados e agência feliz e orgulhosa com o bom material que desenvolveu. A história da Cadaris com o Salão Duas Rodas (SDR) está dentro deste contexto.

Desde o início, em outubro de 2014, este trabalho cativou a equipe. Uma concorrência baseada no conceito criativo vindo de uma só palavra: liberdade. O diferencial que definiu a agência ganhadora (no caso, nós. Uhuu!) foi a base na qual estava fixada a ideia. Ou seja, a mensagem que pretendíamos passar por meio do slogan que criamos.

Para construir um storytelling de acordo com a experiência oferecida pelo SDR – tanto para quem busca de novos negócios quanto para apaixonado por motos e afins – fomos à fonte. Conversamos com motociclistas para entender o que significa liberdade neste universo e funcionou bem.

Com o slogan “O Mundo em Suas Mãos” demos andamento a todo o projeto que abrangeu tanto arte quanto texto nos materiais impressos da feira (de divulgação e exposição) e on-line, incluindo mídias sociais e-mail marketing.

Com uma linha conceitual muito bem traçada, o maior desafio foi conseguir adaptá-la à realidade dos três públicos do SDR: expositores, trade (varejo) e o motociclista. Tudo isso somado ao longo período de campanha: um ano de trabalho em parceria com o cliente até a realização do evento, passando pelas fases de vendas de espaço para expositores, convite para os varejistas e venda de ingressos para o grande público.

Segundo Fred Pimenta, nosso diretor de arte, apesar da agência já ter trabalhado com muita coisa grande, esta foi a primeira vez que encarou uma campanha que durou um longo período, o que exigiu ainda mais criatividade. “Em cima do conceito já muito bem estabelecido, tivemos de trabalhar em novas ideias para não ‘cansar’ o público com as mesmas peças”, conta.

Novas propostas de materiais foram surgindo ao longo do caminho e neste percurso surgiram novidades. Uma das coisas foi a criação de roteiro de spot para propagando em rádio e TV, trabalhado pela agência pela primeira vez. Para assistir, clique aqui.

E para ver um pouco mais dos materiais produzidos para o SDR 2015, acesse o Facebook da feira: facebook.com/SalaoDuasRodas.

Gastronomia vegan


festival-vegan

Quem adora comida vegan ou simplesmente gosta de se aventurar pela gastronomia não pode perde o Vegan Festival, feira gastronômica que comercializa apenas produtos livres de ingredientes derivados de animais. Ela acontece, até dia 06 de junho, no espaço Mercado Pop, nos arredores da Praça Benedito Calixto (Rua Teodoro Sampaio, 1041).

Entre as delícias que serão oferecidas pelos expositores estão a famosa Coxinha de Jaca, do Zen com a Vida e a coxinha de alcachofra.  Outra opção que vale a pena conferir é o bolo de nutella, da Lola & Loli, que também oferecerá hot-dog vegano. Hummm.

A programação também contará com expositores de moda e assessórios, todos do universo vegano. A entrada é gratuita.

Quem vai?

 

 

Fonte: Vida Simples

Picasso em São Paulo


pablo_picasso-450x561

Até o mês de junho a cidade de São Paulo recebe a exposição Picasso e a Modernidade Espanhola. As obras são parte da coleção do museu nacional espanhol, em Madrid, o Centro de Arte Reina Sofía, e traz para o Brasil 90 obras que evidenciam a influência do artista na arte moderna espanhola. Para curiosos e quem gosta de artes visuais, vale a pena incluir o passeio na programação do fim de semana.

A exposição mostra o percurso de Pablo Picasso na arte até chegar a uma de suas obras mais famosas, a Guernica. Além disso, aborda a relação do artista com outros mestres da arte moderna espanhola, como Dalí.

A exibição acontece no Centro Cultural Banco do Brasil e vai até o dia 08 de junho. A entrada é franca e o horário de funcionamento é das 9 às 21 horas. Para mais informações, acesse: culturabancodobrasil.com.br

Gastronomia e cultura espanholas na Mansão Hasbaya


la_feria

O final de semana está logo aí e você não tem nada de legal programado pra fazer? Que tal esquecer o sofá e ir prestigiar a quarta edição do  La Feria? Este evento gastronômico e cultural é organizado pelo chef Fernando Lancho, do Gusta Bar para promover a cultura espanhola, na Mansão Hasbaya.

Seis restaurantes e bares da capital montarão barracas no jardim da casa, com alguns dos símbolos da cozinha espanhola como paellas e tapas, cervejas, vinhos e sangrias com preços que variam de R$ 7 a R$ 25. E o melhor: a entrada é franca!

Ah, e não é só isso. O evento reunirá também espetáculos gratuitos de música com gaiteiros galegos, dança flamenca, boleros teatro e workshops de cozinha.

Vai perder?

 

Go Green!


irish-festival

Dia 17 de março. O dia em que praticamente o mundo inteiro adota a cor verde para comemorar o St. Patrick’s Day, ou Dia de São Patrício, uma espécie de patrono da Irlanda responsável por levar o cristianismo ao país dos celtas. Eu estive em uma autêntica comemoração na capital irlandesa, em 2013, e vou contar um pouco das minhas impressões e do quanto nos sentimos um pouco irlandeses ao participar da festa.

Com o passar do tempo, a data que seria da morte de São Patrício, se tornou motivo de grande comemoração ao “orgulho irlandês”, vamos dizer assim. E atualmente eles não se contentam em comemorar apenas no dia 17. Na ilha esmeralda, na semana de St. Patrick’s todo dia é dia de festa nos pubs da cidade – que são muitos!

A comemoração oficial é marcada por desfiles que reúnem uma multidão nas principais ruas das cidades. Lembra um pouco – de longe – o nosso carnaval. Confesso que esperava um pouco mais de história nos desfiles. Talvez eu estivesse um pouco desinformada, mas a impressão foi que os blocos tinham performances um pouco aleatórias. E também uma das coisas mais difíceis é conseguir ver os desfiles, se não chegar cedo. Tem gente que leva até escada portátil pra conseguir enxergar ou sobem nos monumentos da cidade. Ainda assim, tudo é muito divertido, ainda mais pelas figuras que aparecem ao nosso redor.

10288798_10200970166176777_6997057558127283561_n

O que impressiona é que a cidade realmente para pra festejar. Desde as crianças até os idosos, todo mundo acha o melhor jeito de comemorar o Dia de São Patrício. Caras pintadas, fantasias criativas e bastante estranhas. Tudo sempre verde ou com as cores da bandeira da Irlanda – laranja, branca e verde. Vemos os famosos trevos de três folhas e leprechauns (aquele duendezinho) em todo lugar, e até a queridíssima e amada cerveja muda de cor em alguns pubs. Eu mesmo saí pra rua com chapeuzinho verde de leprechaun, bandeira da Irlanda nas costas e uma tentativa de bandeira pintada no rosto. Todo mundo é bem-vindo para festejar! E isso reflete um pouco do comportamento do povo de lá no dia a dia também.

10268581_10200970195857519_3363830387892928181_n

A festa começa cedo e não tem hora pra acabar. Não importa se o tempo está bom ou ruim (aliás, na Irlanda está quase sempre ruim), no dia de São Patrício o mundo inteiro se torna um pouco irlandês. E eles mesmos, um povo cheio de superstições e mitos, acreditam um pouco nisso. Eu, pelo menos, sou prova viva.

Quem quiser ver um pouco da cobertura do evento feita pela principal emissora de TV da Irlanda, é só clicar aqui.

Um pouco de história

Muitos símbolos irlandeses estão ligados a esta data, como é o caso do trevo de três folhas. Apesar de este ser um símbolo da cultura celta, São Patrício o usava para explicar a santa trindade ao povo na tentativa de convertê-los ao catolicismo. E como a festa se tornou uma comemoração sobre ser irlandês, todos os outros símbolos do país entraram na roda.

E São Patrício, quem era? Ele era um ex-escravo, sacerdote e missionário. Mas dizem as lendas que ele tinha um pezinho na bruxaria. Isso porque, entre os mitos que o envolve, ele teria espantado todas as serpentes da ilha verde. Se é verdade, ninguém sabe. Mas o fato é que, até onde se sabe, nunca se teve notícia de cobras nas cidades irlandesas.

Para não falar que a festa hoje em dia perdeu o sentido original, até hoje muitos irlandeses vão à missa nesta época para pedir pelos missionários do mundo todo. E sem contar que março é a época em que a primavera está chegando e tem o significado de renovação

A festa se popularizou e ganhou ainda mais adeptos. Países como os Estados Unidos, Canadá e Austrália realizam também grandes paradas e as cidades inteiras se enfeitam. E está cada vez mais comum que grandes monumentos espalhados pelo mundo sejam iluminados com luz verde nesta época, como é o caso do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. O Chicago River, nos Estados Unidos, por exemplo, há 40 anos passa por um tingimento verde para comemorar a data.

1799861_10152873698339615_2245407405554142593_o

Coliseu, em Roma, na Itália. Fonte: E-dublin.

10644403_10152873767179615_8221412547632044257_o

Allianz Arena, em Munique, na Alemanha. Fonte: E-dublin.

10845582_10152873764184615_8403146113548546970_o

Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, Brasil. Fonte: E-dublin.

11071468_10152873759574615_4163479151606019302_o

Hallgrims, a maior igreja da Islândia. Fonte: E-dublin.

Um curiosidade é que todo ano um líder irlandês entrega ao presidente dos Estados Unidos uma bola de cristal cheia de “shamrocks”, o trevo de três folhas. E logo após a entrega, o serviço secreto americano destrói o presente. Superstições…

Veja abaixo algumas fotos que mostram um pouquinho do que vi da comemoração irlandesa. Happy Saint Patrick’s Day, folks!

10153164_10200970167536811_7766196609778492467_n

10246524_10200970200257629_7286287767586384486_n

10264652_10200970163656714_3132207741836320227_n

10307418_10200970205857769_3122053655440572610_n

10322844_10200970169096850_6319276178152593201_n

10155849_10200970181137151_5375964916299367673_n

10300783_10200970168816843_6349271603200909605_n

10308378_10200970193857469_2439318365863984635_n

Exposição hiper-realista em São Paulo


mueck05v2

Este mês a Pinacoteca de São Paulo inaugurou uma nova exposição: a mostra de esculturas hiper-realista do artista australiano Ron Mueck. São nove obras que prometem reproduzir com fidelidade figuras humanas em cenas cotidianas com fortes expressões, rugas, pelos, veias e músculos.

São nove obras em exposição. Entre elas, uma mulher com um bebê no ponto de ônibus, um casal tomando banho de sol, um homem esfaqueado e, até mesmo, autorretratos do autor. (Veja algumas das imagens abaixo).

A exposição fica na Pinacoteca até fevereiro de 2015. Está aberta ao público de terça a domingo, das 10h às 17h30. Às quintas-feiras, o horário é um pouco mais estendido, até às 22h. A entrada custa 6 reais, mas toda quinta após às 17h e aos sábados, o acesso é livre.

Para quem quiser mais informações, é só acessar o site: www.pinacoteca.org.br.

4662544539_9061b5deb1_z

ronmueck-3633577235

ron-mueck-zupi7

ron-mueck-zupi10