• .
  • .
  • .
  • .

Fique por dentro da cultura digital

De 2 a 4 de dezembro, o MAM do Rio de Janeiro e o Cine Odeon receberão palestras, debates, workshops e encontros. Será a terceira edição do Festival CulturaDigital.Br, um encontro entre realizadores, agentes e interessados em geral na cultura digital brasileira. Além dessas atividades, também ocorrerão performances artísticas e exposição de projetos.

Tudo bem, mas o que é cultura digital?

O próprio Fórum da Cultura Digital, organização da sociedade civil que prepara o Festival em parceria com o Ministério da Cultura, admite que o termo não tem uma definição consolidada. Tia Wiki explica que o termo reúne “fenómenos que, por sua vez, desencadearam o simulacro virtual (realidade virtual), a comunicação instantânea, a proliferação dos media e a conectividade global que constitui muita da nossa experiência contemporânea e que se aplicaram no filme digital, nos efeitos especiais digitais, na televisão, na música electrónica, nos jogos de computador, na multimédia, na Internet, na World Wide Web, na Wireless Application Protocol (WAP), na representação do genoma humano e em manifestações artísticas e culturais como o cyberpunk, o tecno, a new typography, a net.art, entre outras”.

Tirando o blablablá e tornando tudo mais simples: cultura digital seria o conjunto de atividades – e suas consequências – que envolvem interação entre seres humanos pela web através das mais diferentes ferramentas, mas extrapolando esse ambiente. Parece ser ponto em comum entre as diferentes definições que o termo envolve a contemporaneidade e o ciberespaço.

Interessou? Então compareça ao Festival!

A ideia por trás do evento envolve também alinhar o cenário brasileiro de cultura digital com o internacional. Serão debatidos temas como a questão da propriedade intelectual, software livre e massificação da tecnologia. Não é cobrada entrada, mas há limitação do número de participantes de acordo com a ordem de chegada até o limite máximo de ocupação dos espaços. O Festival é uma realização da Casa de Cultura Digital, um coletivo de instituições da área.

A programação do evento ainda não foi fechada e está sendo organizada através de uma Chamada Pública Internacional de Atividades, que se encerrou na última sexta-feira (30). Apesar de não ser possível enviar mais trabalhos, ainda vai dar para acompanhar o evento em tempo real através da web.