• .
  • .
  • .
  • .
  • .

Como anda o cinema em março?


O Oscar 2015 passou e deixou saudade. Tanta, que neste mês de março decidi assistir a outros filmes que concorreram em algumas das categorias da premiação. Da seleção que preparei hoje pra vocês, apenas um não estava entre os títulos mencionados no maior evento de cinema do mundo.  Dá só uma olhada no que achei deles:

SelmaSelma – Uma luta pela Igualdade 

Desde que ouvi a bela canção tema de Selma (que, inclusive, ganhou o prêmio de melhor música), fiquei empolgada para assistir ao filme. Ele não chega a ser uma biografia de Martin Luther King. Na verdade, narra apenas um capítulo da trajetória dele, que envolve o episódio da marcha de Selma a Montgomery, no Alabama, em prol do direito ao voto para os cidadãos negros.

O longa em si é bom, mas não chega a tocar fundo no coração, sabe? Acho que o tema merecia uma abordagem mais elaborada e profunda. Sinto que faltou uma direção boa, que tirasse o melhor dos atores, que pegasse o toque diferencial nas cenas, de forma que levasse mais emoção pra quem estava na poltrona do cinema, assistindo (o que não aconteceu comigo, infelizmente).

Apesar de tudo, acho que vale a pena ser assistido pelo fato histórico e, especialmente, para apreciar os discursos vigorosos feitos pelo grande Martin Luther King.

Curiosidade: O filme gerou polêmica no meio político ao retratar a hesitação do Presidente Lyndon Johnson em declarar apoio à marcha de King. Segundo historiadores, ele era um dos grandes aliados do movimento por direitos iguais.

Na escala de 1 a 5 Let´s Rocks, leva 3 guitarrinhas!

 

TeoriaA Teoria de Tudo

Ah, o que falar da Teoria de Tudo senão que ele é um filme lindo demais? E não é só isso. O ator principal Eddie Redmayne, que interpretou Stephen Hawking, acertou em cheio na interpretação, com a doçura na medida certa. Dá pra sentir a entrega dele ao papel e, pra mim, isso o consagrou como o grande merecedor do prêmio de melhor ator.

Diferentemente de quase todas as críticas que li por aí e que não valorizaram a atuação de Felicity Jones, no papel de Jane, eu adorei sua interpretação. Achei quase tão bela e merecedora quanto à de Eddie. A entrega e entrosamento dos dois atores, somada à história impressionante, ao drama da doença e à excelente direção, colocaram este filme como um dos meus tops do ano (sem exageros, gente)!

Pra mim, Teoria de Tudo é um daqueles filmes que você não quer que acabe. Eu mesma poderia assisti-lo por umas 10 horas, sem pestanejar. Então, já sabe, né? Eu super indico!

Curiosidade: Stephen Hawking, após assistir ao filme, enviou um email para James Marsh (diretor) dizendo que, em alguns momentos, ele pensou estar assistindo a si mesmo!

Na escala de 1 a 5 Let´s Rocks, leva 5 guitarrinhas!

 

AlicePara sempre Alice 

Delicadeza. Essa é a primeira palavra que penso para definir Para sempre Alice. Ao contrário do que muitos deduzem, o filme não aborda apenas a doença de Alzheimer e sim apoia-se nela para falar sobre perdas.

Sem cair na dramatização exagerada (típica de filmes sobre doenças em geral) a direção de Richard Glatzer e Wash Westmoreland, bem como a atuação da vencedora de Melhor Atriz, Juliane Moore, conduzem o tema da doença e seu progresso de forma contida, racional e verdadeira, características que combinam mais com a personagem principal, que é uma professora universitária muito bem sucedida.

As cenas com os três filhos da protagonista mostram as diversas maneiras que a família tem para lidar com uma doença tão devastadora como o Alzheimer. Pra mim, a qualidade do filme pode ser resumida na cena em que Alice ministra a palestra, já com a doença avançada. O discurso sincero, profundo e tocante dela contrasta com a racionalidade de usar uma caneta marca-texto e organizar as folhas para saber o que já foi dito.

Curiosidade: o diretor Richard Glatzer (que faleceu em 10 de março) sofria de ELA-Esclerose Lateral Amiotrófica (a mesma doença de Stephen Hawking) e não conseguia falar. Durante as filmagens ele se comunicava com o elenco por meio de um aplicativo do iPad  – o “text to speech” – que converte texto em voz.

Na escala de 1 a 5 Let´s Rocks, leva 4 guitarrinhas!

 

GolpeGolpe Duplo 

Infelizmente, Golpe Duplo não traz nenhuma surpresa nem nada de novo que eu já não tenha visto em outros filmes. Se você for assisti-lo pensando em encontrar suspense e ação, vai se decepcionar.

Aliás, na categoria suspense, ele não cabe. Não rola aquele momento tenso que a gente quer (e ao mesmo tempo não quer) saber o que vai acontecer. Pode ser que eu já tenha visto muitos filmes desse gênero (eu adoro mesmo!), mas pra mim tudo era muito previsível durante todos os 105 minutos. O melhor do filme é, sem dúvida, a beleza estonteante (e ok, uma boa atuação também) de Margot Robbie. Sem falar, é claro, na presença de Rodrigo Santoro pra matar a saudade (mas não se empolgue, ele aparece por mais ou menos uns 20 minutos apenas).

Curiosidade: Ben Affleck e Kristen Stewart seriam os protagonistas. Affleck se desligou do projeto por conflitos de agenda e Stewart desistiu em seguida.

Na escala de 1 a 5 Let´s Rocks, leva 2 guitarrinhas!

E aí, gostaram? Em abril apareço por aqui com mais dicas e guitarrinhas!

Como fazer um livro


O primeiro exemplar é entregue pelo presidente do Bunkyo (à dir.), Kihatiro Kita, ao cônsul-geral adjunto do Japão, Hiroaki Sano

O primeiro exemplar é entregue pelo presidente do Bunkyo (à dir.), Kihatiro Kita, ao cônsul-geral adjunto do Japão, Hiroaki Sano

Plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro. Essas são as três coisas que o dito popular manda fazer antes de morrer. De todas elas, a terceira me parece a mais complexa. Veja que a palavra é complexa e não trabalhosa.

No dia 13 de março, foi lançado o livro 60 anos de Bunkyo: Passado, Presente e Futuro, na sede do Bunkyo, na Liberdade, em evento solene com a presença de autoridades e membros da comunidade nikkei. O trabalho da Agência Cadaris foi desenvolver os projetos técnico e gráfico, bem como criar o livro, do recebimento do conteúdo à entrega dos exemplares impressos. Como bem destaca Fred Pimenta, diretor de criação da agência, “este projeto tem um pouco de vários profissionais da nossa equipe”. “Alguns contribuíram com ideias e conceitos, outros colocando as estratégias em prática”, afirma. “O compromisso em fazer um trabalho diferente, que surpreendesse visualmente, foi o nosso norte”.

bunkyo_livro

Mais do que falar como tudo foi feito, do planejamento, etc., acredito ser muito mais útil compartilhar aqui o nosso plano. Agora é só seguir o passo a passo e colocar em prática seu projeto de livro.

bunkyo_kanban

 

Playlist Cadaris: as séries de TV que amamos!


teste-series-tv-topo

Parafraseando aquela atriz  que virou meme: todo dia é dia de série, bebê! Pra galera da Cadaris é mesmo. Quase todos são loucos por seriados e não perdem o (s) seu (s) preferido (s) n-u-n-c-a. Por isso, pedidos pra eles escolherem (ou pelo menos tentarem) três séries de TV que  simplesmente amam. Veja quais foram as escolhidas:

Ana Paula

ana

Balbina

balbina

Bárbara

barbara

Débora

debora

Fred

fred

Guilherme

guilherme

Ju Fernandes

ju-fernandes

Larissa

larissa

Maris

maris

Maurício

mauricio

Rapha

raphael

Renata

renata

Ricardo

ricardo

Sara

sara

5 frases são suficientes em um e-mail


As pessoas demoram a responder seus e-mails? Isso pode estar acontecendo porque você manda textos longos demais. Como já mencionei aqui, e-mails eficientes e práticos são uma grande prioridade em meu dia a dia de trabalho. Por isso, achei muito interessante uma matéria publicada no site Mashable, por seu parceiro The Muse, falando que 5 frases (no máximo) são suficientes para uma comunicação eficiente na maioria dos e-mails.

Claro que comprometer-se a escrever e-mails mais curtos e eficientes já é um passo importante, mas o fato de definir um número de frases pode nos ajudar a visualizar claramente um limite de tamanho. Em 5 frases ou menos é possível transmitir a maioria das mensagens importantes para qualquer pessoa, por mais ocupada que ela seja. Óbvio que quanto mais curtas e diretas as frases, mais eficazes elas podem ser.

O desafio por trás dessa ideia é comunicar-se de forma eficaz e objetiva sem deixar a educação de lado. Segundo o The Muse, estas são dicas úteis para conseguir aplicar a técnica das 5 frases em seus e-mails: evitar floreios nas frases e trechos introdutórios desnecessários; ir direto ao ponto; eliminar repetições e palavras desnecessárias ou redundantes. Outras dicas que podem valer a pena estão neste meu post anterior sobre e-mails: Por um mundo com e-mails mais eficientes.

 

Compras ao alcance de um clique


cloud3

Quem nunca fez uma compra on-line que atire a primeira pedra! Este comportamento parece realmente ter se tornado comum na vida dos brasileiros e a cada ano os números de e-commerce aumentam ainda mais.

Comparando os anos de 2013 e 2014, o crescimento do consumo pela internet foi de 24%, segundo dados do WebShopper Brasil reunidos em um infográfico da Infobase Interativa. No último ano foram 51,5 milhões de consumidores realizando compras online.

Veja abaixo o infográfico que mostra todo o panorama do e-commerce no Brasil.

 

Fonte: Proxxima

Go Green!


irish-festival

Dia 17 de março. O dia em que praticamente o mundo inteiro adota a cor verde para comemorar o St. Patrick’s Day, ou Dia de São Patrício, uma espécie de patrono da Irlanda responsável por levar o cristianismo ao país dos celtas. Eu estive em uma autêntica comemoração na capital irlandesa, em 2013, e vou contar um pouco das minhas impressões e do quanto nos sentimos um pouco irlandeses ao participar da festa.

Com o passar do tempo, a data que seria da morte de São Patrício, se tornou motivo de grande comemoração ao “orgulho irlandês”, vamos dizer assim. E atualmente eles não se contentam em comemorar apenas no dia 17. Na ilha esmeralda, na semana de St. Patrick’s todo dia é dia de festa nos pubs da cidade – que são muitos!

A comemoração oficial é marcada por desfiles que reúnem uma multidão nas principais ruas das cidades. Lembra um pouco – de longe – o nosso carnaval. Confesso que esperava um pouco mais de história nos desfiles. Talvez eu estivesse um pouco desinformada, mas a impressão foi que os blocos tinham performances um pouco aleatórias. E também uma das coisas mais difíceis é conseguir ver os desfiles, se não chegar cedo. Tem gente que leva até escada portátil pra conseguir enxergar ou sobem nos monumentos da cidade. Ainda assim, tudo é muito divertido, ainda mais pelas figuras que aparecem ao nosso redor.

10288798_10200970166176777_6997057558127283561_n

O que impressiona é que a cidade realmente para pra festejar. Desde as crianças até os idosos, todo mundo acha o melhor jeito de comemorar o Dia de São Patrício. Caras pintadas, fantasias criativas e bastante estranhas. Tudo sempre verde ou com as cores da bandeira da Irlanda – laranja, branca e verde. Vemos os famosos trevos de três folhas e leprechauns (aquele duendezinho) em todo lugar, e até a queridíssima e amada cerveja muda de cor em alguns pubs. Eu mesmo saí pra rua com chapeuzinho verde de leprechaun, bandeira da Irlanda nas costas e uma tentativa de bandeira pintada no rosto. Todo mundo é bem-vindo para festejar! E isso reflete um pouco do comportamento do povo de lá no dia a dia também.

10268581_10200970195857519_3363830387892928181_n

A festa começa cedo e não tem hora pra acabar. Não importa se o tempo está bom ou ruim (aliás, na Irlanda está quase sempre ruim), no dia de São Patrício o mundo inteiro se torna um pouco irlandês. E eles mesmos, um povo cheio de superstições e mitos, acreditam um pouco nisso. Eu, pelo menos, sou prova viva.

Quem quiser ver um pouco da cobertura do evento feita pela principal emissora de TV da Irlanda, é só clicar aqui.

Um pouco de história

Muitos símbolos irlandeses estão ligados a esta data, como é o caso do trevo de três folhas. Apesar de este ser um símbolo da cultura celta, São Patrício o usava para explicar a santa trindade ao povo na tentativa de convertê-los ao catolicismo. E como a festa se tornou uma comemoração sobre ser irlandês, todos os outros símbolos do país entraram na roda.

E São Patrício, quem era? Ele era um ex-escravo, sacerdote e missionário. Mas dizem as lendas que ele tinha um pezinho na bruxaria. Isso porque, entre os mitos que o envolve, ele teria espantado todas as serpentes da ilha verde. Se é verdade, ninguém sabe. Mas o fato é que, até onde se sabe, nunca se teve notícia de cobras nas cidades irlandesas.

Para não falar que a festa hoje em dia perdeu o sentido original, até hoje muitos irlandeses vão à missa nesta época para pedir pelos missionários do mundo todo. E sem contar que março é a época em que a primavera está chegando e tem o significado de renovação

A festa se popularizou e ganhou ainda mais adeptos. Países como os Estados Unidos, Canadá e Austrália realizam também grandes paradas e as cidades inteiras se enfeitam. E está cada vez mais comum que grandes monumentos espalhados pelo mundo sejam iluminados com luz verde nesta época, como é o caso do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. O Chicago River, nos Estados Unidos, por exemplo, há 40 anos passa por um tingimento verde para comemorar a data.

1799861_10152873698339615_2245407405554142593_o

Coliseu, em Roma, na Itália. Fonte: E-dublin.

10644403_10152873767179615_8221412547632044257_o

Allianz Arena, em Munique, na Alemanha. Fonte: E-dublin.

10845582_10152873764184615_8403146113548546970_o

Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, Brasil. Fonte: E-dublin.

11071468_10152873759574615_4163479151606019302_o

Hallgrims, a maior igreja da Islândia. Fonte: E-dublin.

Um curiosidade é que todo ano um líder irlandês entrega ao presidente dos Estados Unidos uma bola de cristal cheia de “shamrocks”, o trevo de três folhas. E logo após a entrega, o serviço secreto americano destrói o presente. Superstições…

Veja abaixo algumas fotos que mostram um pouquinho do que vi da comemoração irlandesa. Happy Saint Patrick’s Day, folks!

10153164_10200970167536811_7766196609778492467_n

10246524_10200970200257629_7286287767586384486_n

10264652_10200970163656714_3132207741836320227_n

10307418_10200970205857769_3122053655440572610_n

10322844_10200970169096850_6319276178152593201_n

10155849_10200970181137151_5375964916299367673_n

10300783_10200970168816843_6349271603200909605_n

10308378_10200970193857469_2439318365863984635_n

Facebook vai divulgar o que usuários falam sobre as marcas


facebook_friends

O que era especulação se confirmou. O Facebook irá informar anunciantes sobre o que as pessoas falam sobre a marca e passar informações sobre o perfil desses usuários. O acordo foi fechado por meio de uma parceria com a DataSift, especializada em informações na social media.

Segundo informações do Ad Age, a análise de informações ficará restrita ao que é falado abertamente, ou seja, dados do Facebook Messenger não entrarão na conta. A DataSift abrirá os dados aos poucos para empresas dos Estados Unidos, expandindo posteriormente para outros mercados.

Os dados não serão retroativos: assim que uma marca manifestar o desejo de monitorar as informações, o Facebook e a DataSift passarão a coletar e organizar os dados. O anunciante não terá acesso ao material bruto analisado.

 

Fonte: Próxima

 

Você sabe o que são infoprodutos?


thumb-medium

Se você parar para pensar, até o século passado, as grandes empresas do mundo ainda eram corporações com imensos parques de produção. Pra faturar muito, você tinha que ter uma grande indústria (ou lojas físicas), muita matéria prima ou produtos pra vender e milhares de funcionários. Hoje em dia, vivemos numa sociedade do conhecimento, em que empresas como Google e Facebook valem muito mais pela informação do que pelos bens físicos que possuem!

Pra você ter uma ideia, algumas das mais valiosas marcas do mercado não fabricam um único produto físico sequer. Elas investem no capital intelectual, o que quer dizer que a maior força produtiva da atualidade está na mente das pessoas.

Infoprodutos

Nesse cenário, é natural que produtos e serviços de destaque sejam justamente os que focam no conhecimento e no aprendizado de novas habilidades, dentro do universo digital. Isso quer dizer que estamos vivendo um boom dos infoprodutos (produtos baseados em informação, como e-books e cursos online).

Então, no mundo dos infoprodutos, você é o que você sabe. E principalmente o que você faz com o que sabe.

 

 

Fonte: Digaí

 

 

 

Twitter toma atitudes contra revenge porn


Nesta quarta-feira (11/03) o Twitter tomou uma atitude importante em relação a fotos vazadas na internet. Agora, a política de privacidade do site proíbe expressamente a divulgação de imagens íntimas ou explícitas sem autorização. Anteriormente, as regras do Twitter apenas proibiam que os usuários postassem informações pessoais como seus endereços, cartões de crédito ou número de documentos. Além disso, também eram proibidas ameaças de violência.

A inclusão da necessidade de autorização para postagem de fotos explícitas vai ao encontro de uma tendência mundial de conscientização sobre privacidade na rede. Cada vez mais tem sido vista a necessidade de que as mídias sociais colaborem para evitar a disseminação de imagens, especialmente relacionadas a revenge porn, situação em que um ex-namorado divulga fotos de sua ex em situações íntimas.

Os usuários que quiserem reportar tweets que se encaixam nas novas proibições deverão identificar-se para o Twitter e informar que são vítimas da divulgação de imagens suas. Uma equipe do site específica para resolver estas questões irá avaliar o caso, e, se realmente houver violação de privacidade, a imagem será ocultada e a conta de quem postou será bloqueada até que delete o post. Segundo entrevista dada ao site Mashable, o Twitter terá profissionais on-line 24 horas por dia para avaliar estas questões.

 

Como ser mais produtivo?


problemas-de-produtividade

Vamos combinar. Vira e mexe profissionais de diversas áreas procuram formas de tornar o dia a dia mais produtivo. Mas, a gente sabe que esse é, às vezes, um dos maiores desafios.  Para concentrar, muitos optam por ouvir uma música, tomar um café… Mas, o que realmente funciona?

A verdade é que não existe apenas um método eficaz e comprovado cientificamente. O que importa no final é o que funciona pra você. Confira algumas dicas abaixo e veja qual cai, como uma luva, na sua rotina!

 Faça uma pausa

Sim, vamos começar pela pausa. O que tanto incomoda alguns empreendedores por achar ser motivo de dispersão dos funcionários pode ser, na verdade, a solução. Quem nunca sentiu que estava trabalhando no limite e se viu incapaz de criar algo novo? (Especialmente os criativos).

Mas calma. Nada de sair por ai falando que precisa tirar uma folga a cada 10 minutos. Nem faça com o que seu tempo de folga dure 30 minutos. Dizem que a cada 90 minutos nossa mente precisa de uma pausa de 15 minutos (pode ser 10 minutos), que podem ser aproveitados com uma conversa entre amigos, uma pausa pro café, lanche, ou apenas para um tempo de descanso.

Mantenha-se hidratado e bem alimentado

Para evitar saídas constantes à cozinha, uma garrafa à mesa pode ser bem eficiente. Mais que isso, uma garrafa à mesa é o ideal para ajudá-lo a consumir a quantidade de água recomendada por dia. Já para controlar a fome, é melhor fazer um pequeno lanche a cada refeição (café, almoço e jantar). Opte por coisas leves e não fique mais de 3h sem comer. Estando fisiologicamente bem, o seu corpo ajuda o cérebro a trabalhar e produzir melhor e sem distrações.
Não leve os problemas pessoais para o trabalho

Todo mundo tem problemas na vida pessoal, certo? Mas o ambiente profissional não é o melhor lugar para você refletir sobre esses problemas. Lá já têm “problemas” e desafios para serem resolvidos. Então, que tal se você entender o seu trabalho com um refúgio onde você não deve pensar em conflitos pessoais? Pode ser um bom começo. Isso também pode ajudar a enxergar o seu problema de outra forma, com mais inteligência emocional.
 Internet para o necessário

A internet é uma grande aliada da vida pós-moderna. A comunicação ficou mais simples e rápida. No entanto, cresceu bastante as possibilidades de distrações que ela também pode oferecer.  É preciso ficar atento e policiar o seu próprio uso. Para isso, tente estabelecer regras. Algo como só chegar e-mails pessoais quando for inevitável, ou apenas no fim do expediente, por exemplo.

 

Crie listas de prioridades (e obedeça!)

Um bom planejamento do dia de trabalho (ou estudo) pode começar por uma lista de prioridades, capaz de guiar você no que deve ou não fazer (e a ordem disso). Mas atenção: tente organizar as etapas de modo a evitar que a grande lista de coisas a fazer o atrapalhe ou o deixe confuso. Por isso, é importante dividir em etapas do que é mais prioritário para aquele dia.

Pra te auxiliar nisso, que tal utilizar o Runrun.it ? Ela é uma boa ferramenta para quem precisa melhorar a produtividade de projetos pessoais ou profissionais.

 

Fonte: Digaí